HOME BLOG CONTATO INDIQUE ESTE SITE
 
Área:
CARO LEITOR | ver comentários |
Título: A notícia de ontem, de hoje, amanhã. Até quando?
Autor: Rodolfo C. Martino - publicado em 04/05/2001
 

"Somos todos iguais perante a Lei"

01. Tantos assuntos para se comentar. O primeiro beijo da Sandy, o coração aos frangalhos do quebra-ossos Popó. No entanto, sou obrigado a escrever sobre a notícia que ainda não aconteceu. Aliás, a notícia do dia, da semana, do mês, do semestre... Só não digo do ano porque sabe-se lá as surpresas desses tempos de neoliberarismo explícito. Enfim, vamos aos fatos.

02. Está marcada para às 14h30 a acareação entre os senadores Antônio Carlos Magalhães e José Roberto Arruda e a ex-diretora do Prodasen, Regina Célia Borges, no Conselho de Ética do Senado que investiga, com todas as pompas e circunstâncias, a questão da violação do painel de votação durante o processo de cassação do senador Luiz Estevão...

03. Mesmo sem assistir a falação (que, aliás, será transmitida pela TV), já dou aqui o meu veredito -- que, reconheço, ninguém me pediu e vale só como desabafo, mas faço questão de dar como brasileiro, cidadão, que trabalha e paga impostos (muitos impostos), embora nada ou quase nada receba em troca dos poderes legitimamente constituídos em todas as instâncias. Meu veredito é o seguinte: são todos culpados e, de alguma forma, em depoimentos individuais, com choro, ironia, desfaçatez e sinceridade, já deixaram bem claro isso...

04. Todos sabiam exatamente o que estava acontecendo, a gravidade da questão, os riscos que corriam -- e se não brecaram ou não denunciaram o processo antes é porque tiveram lá seus motivos...

05. Já virou praxe dizer que este é o país da impunidade. Temo agora que, com esse espetáculo, ao vivo e em cores, o Brasil passe a ser (se já não é!) também o país do jogo de cena. Onde a versão do fato vale mais que o fato propriamente dito... Infelizmente, as CPIs, que deveriam ser instrumentos de justiça, vem contribuindo notoriamente para que a pantomima se estabeleça... Muito verbo, muita pose que a TV está ali -- e pouco conteúdo... Olha, a CPI do Futebol, que bola fora...

06. Só mais duas perguntas que, afinal, perguntar não ofende: Foi a primeira vez que isso aconteceu? E a quais interesses esses personagens estavam servindo quando perpetraram tal ato?

 
 
COMENTÁRIOS | cadastrar comentário |
 
 
© 2003 .. 2017 - Rodolfo Martino - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Sicca Soluções.
Auto-biografia
 
 
 
BUSCA PELO SITE