HOME BLOG CONTATO INDIQUE ESTE SITE
 
Área:
CARO LEITOR | ver comentários |
Título: E o Fura-Fila furou...
Autor: Rodolfo C. Martino - publicado em 12/01/2001
 

"O primeiro passo para o bem é não fazer o mal" (Rousseau)

01. O amigo leitor deve se recordar -- ao menos, espero -- que na semana passada Gazeta do Ipiranga publicou a relação dos sete pecados capitais que afligem o nosso bairro. A saber: as obras do Fura-Fila, a questão da segurança, o trânsito conturbado, habitação, enchentes, conservação e limpeza das ruas e a reurbanização do Sacomã.

02. Dois desses problemas foram motivo de notícias em todos os jornais de São Paulo. O primeiro foi o anúncio dos porta-vozes da Prefeitura de que, ao menos, neste primeiro momento, as obras do Fura-Fila vão permanecer como estão: ou seja, paralisadas e causando uma série de enormes transtornos para os moradores do Ipiranga. A outra questão manifestou-se na tarde/noite de terça-feira. Bastaram 40 minutos de chuva para que o Riacho Ipiranga transbordasse em vários trechos da avenida Ricardo Jafet, causando os habituais danos para o trânsito, o comércio e sobretudo para os moradores dessas áreas.

03. O ipiranguista mais atento já deve imaginar: tão cedo não vamos ficar livres desses embaraços. As enchentes são seculares -- e, de algum modo, já nos habituamos as suas conseqüências, muito embora fica sempre a impressão que autoridades poderiam agir de forma mais eficiente para solucionar essa questão.

04. Com efeito o que vai pegar mesmo neste ano é o abandono das obras do Fura-Fila -- o bairro não pode abrir mão de enfrentar esse desafio de frente. Para tanto, a firme atuação de nossa bancada de vereadores e também de toda a população é fundamental.

05. Durante a campanha, e mesmo depois de eleita, a prefeita mostrou disposição em terminar o Fura-Fila, mesmo não concordando com seus propósitos. Chegou inclusive a falar em estendê-lo até a Vila Prudente, assim adensaria o número de usuários -- o que, mal-e-mal, ajudaria na relação custo-benefício do projeto. Marta, aliás, nunca escondeu que a cidade têm outras prioridades, e que o Fura-Fila não passava de uma jogada de marketing que funcionou -- apenas e tão somente -- para eleger Celso Pitta em 96.

06. Como justificativa para a mudança de atitude, Marta e seus assessores alegaram o caos inimaginável que herdaram da administração anterior. Alegaram que todos os recursos disponíveis serão alocados para situações emergênciais, como a da Saúde Pública, por exemplo. Portanto, o Fura-Fila pode esperar...

07. Acontece que o atraso na conclusão desses trabalhos leva inquestionavelmente a outro item da nossa triste relação: a reurbanização do Sacomã. Aqui se inclui a revitalização do centro comercial que inclui Silva Bueno e toda a região. Ou seja, a questão hoje extrapola os próprios limites e passa a interferir na vida de todo o Grande Ipiranga, pois há diversos projetos que se enredam neste ponto: a Estação Sacomã, um terminal para os ônibus intermunicipais que vêm do ABC e mesmo o tão protelado metrô do Ipiranga que também passaria por ali.

08. O pessoal que não me leve a mal, não. Mas, vou dizer: as lideranças do bairro -- qualquer que seja a linha política/partidária -- receberam, com muita apatia, a informação de que tudo vai continuar como está. Nesse turbilhão de denúncias, levantamentos e avaliações, a prefeita não vai ter cabeça para priorizar o Fura-Fila e o Ipiranga. Se alguém não colocar a boca no trombone para alertá-la sobre a dimensão do problema, vamos continuar com o bairro à deriva; aliás como vem mostrando a série de reportagens "O Ipiranga já foi melhor", que GI vem publicando semanalmente...

 
 
COMENTÁRIOS | cadastrar comentário |
 
 
© 2003 .. 2017 - Rodolfo Martino - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Sicca Soluções.
Auto-biografia
 
 
 
BUSCA PELO SITE