HOME BLOG CONTATO INDIQUE ESTE SITE
 
Área:
CARO LEITOR | ver comentários |
Título: A UniFai e o futuro que passa pela av. Nazaré
Autor: Rodolfo C. Martino - publicado em 25/08/2000
 

"A Ciência avança passo a passo, não aos saltos" (Thomas Macaulay)

"Centro Universitário Assunção-UniFai, bom dia!" A saudação da telefonista não deixa dúvida. Na manhã seguinte à sessão solene de instalação do novo Centro Universitário da região, o pessoal da ex-Faculdades Associadas Ipiranga está de olhos, coração e mente voltados para o futuro. E a sigla UniFai já é um indicativo do que está por vir. Uma questão de tempo e a avenida Nazaré será sede de uma nova universidade, com projeção internacional. Os planos podem parecer ousados. No entanto, estão sendo assentados na tradição e excelência de ensino que sempre caracterizou a instituição. Por isso, as solenidades de quarta-feira (tanto a celebração religiosa pela manhã como a cerimônia da noite) contaram com a presença de um significativo público, além das representações do Conselho Nacional da Educação e do MEC.

O arcebispo de São Paulo, Dom Cláudio Hummes, é o gran-chanceler da Uni-Fai e compareceu aos dois eventos. Hummes anunciou que o Centro Universitário passa a agregar a Faculdade de Teologia Nossa Senhora Assunção (uma das mais antigas do País, que até então estava ligada à Pontíficia Universidade Católica, embora se encontre no campus da ex-FAI).

Os estudos teológicos e eclesiásticos vão atender uma demanda de toda a América, e não apenas do Brasil -- destacou. Na verdade, essa linha humanística e ética vai permear os seis novos cursos que irão se juntar aos 10 já existentes. Novos cursos estão programados. E, como gosta de dizer o vice-diretor do Centro, professor Osmar Stolagli, serão implementados gradativamente. Em dois anos, em torno de 7 mil alunos deverão freqüentar o Centro Universitário Assunção. É o próprio professor Osmar quem destaca: não há uma preocupação com a quantidade de alunos. Há, sim, com a qualidade do ensino que pretendemos disponibilizar para os estudantes.

O principal artífice deste projeto, monsenhor Roberto Roxo, vai assim projetando o nome de nosso bairro como reduto de escolas superiores. Veja, caro leitor, o tamanho da responsabilidade. Especialmente quando se sabe que a Educação é a principal ferramenta da Humanidade para a construção do novo milênio, o quatrocentão Ipiranga é o bairro que possui a maior densidade de universidades (USP, Unesp e São Marcos) e centros universitários (São Camilo e Assunção) de São Paulo, a terceira cidade do mundo. Todos localizados na avenida Nazaré, o que implica dizer em dezenas de milhares de estudantes que certamente -- e é o que esperamos -- vão construir um País melhor, mais digno de sua gente. Vale apostar nessa geração.

Quem sabe, em breve, quando esses jovens estiverem à frente do País, poderemos estar saudando à chegada dos novos tempos, com a mesma esperança com que nos atende a telefonista da Uni-Fai. Bom dia, Ipiranga!

 
 
COMENTÁRIOS | cadastrar comentário |
 
 
© 2003 .. 2017 - Rodolfo Martino - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Sicca Soluções.
Auto-biografia
 
 
 
BUSCA PELO SITE