HOME BLOG CONTATO INDIQUE ESTE SITE
 
Área:
CARO LEITOR | ver comentários |
Título: Você é a favor de FHC, quer dizer da reeleição?
Autor: Rodolfo C. Martino - publicado em 01/01/1997
 

01. Inúmeros fatos jornalísticos movimentaram a semana em que a nossa São Paulo completa 443 anos de vida e trabalho, com bem ressalta a manchete de nossa GI de hoje. A posse do presidente Clinton dos Estados Unidos, a condenação papal sobre a liberação das drogas, a escolha do brasileiro Ronaldinho como o melhor jogador do mundo, o conflito dos sem-terras, o julgamento dos assassinos de Daniela Perez, a greve dos ônibus e o sonho encantado do presidente Fernando Henrique, a votação no Congresso da reeleição. Não que o paulistano, proveniente de todos os cantos do planeta, não se ligue nessas notícias que, em última análise, influenciam e transformam nossas vidas. Mas que a nossa cidade está em primeiro lugar, não tenha dúvidas, caro leitor. Aqui, fazemos as nossas vidas e as vidas de nossos filhos, das pessoas que amamos e daquelas que aprendemos a respeitar na incansável labuta diária, que aliás é marca registrada dessa cidade que impressiona e faz sonhar. Parabéns, São Paulo. Ou melhor: parabéns para todos nós...

02. Mas, a vida continua. E, por mais que o articulista tente, não há como fugir da discussão sobre a reeleição. Não há também como não se surpreender com a insistência do presidente Fernando Henrique sobre a questão. Na tarde de terça-feira, o homem mostrou toda sua indignação com a relutância do Congresso em aprovar a mudança que lhe permitiria concorrer a um segundo mandato. "Aceito plebiscito, aceito referendo, aceito qualquer proposta que me tragam e possibilite um entendimento entre PMDB e PFL" -- disse o presidente ao senador Ronaldo Cunha Lima (PMDB-PB), um dos articuladores da rebelião do partido. Fernando Henrique pretende viajar para Europa em fevereiro e quer a questão resolvida antes do seu embarque. Ele afirmou que essa pendência pode abalar a imagem do Brasil no Exterior. Certamente quer evitar constrangimentos de explicar o inexplicável...

03. Convenhamos. Explicar o inexplicável tem sido uma das artes (além da mera sobrevivência) que o brasileiro vem se esforçando em dominar. Há uma série de perguntas para as quais as respostas continuam inteligíveis. Como entender, por exemplo, a aflição de um político ao comprometer todo um primeiro mandato presidencial, que se anunciava como uma nova era, para lhe garantir uma eventual reeleição? Mais difícil ainda é compreender que, enquanto senador da República, o mesmo político pronunciou-se, por mais de uma vez, veementemente contrario a questão. E mais: dizia-se um parlamentarista convicto, ávido por limitar os poderes "absolutistas" dos então presidentes. Fica complicado endossar -- com ou sem plebiscito -- a lógica presidencial. Mais do que um dos muitos temas que se insere na almejada reforma político-partidária, reeleição virou prioridade no Governo FHC. Enquanto isso, os problemas de um País sem direção se acumulam e batem à nossa porta. Aliás, chega quase junto com o pesquisador, com a inevitável pergunta: "Você é a favor da reeleição?".

 
 
COMENTÁRIOS | cadastrar comentário |
 
 
© 2003 .. 2017 - Rodolfo Martino - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Sicca Soluções.
Auto-biografia
 
 
 
BUSCA PELO SITE