Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.

Esse tal de futebol *

Foto: Fábio Menotti/Palmeiras

Permitam-me um desabafo:

Ô treco para mexer com o “emocional” da gente, esse tal de futebol!

Aliás, tenho me policiado para não escrever sobre o esporte aqui porque, se pego gosto, isto vira um blog esportivo.

Esportivo, não.

Futebolístico!

Explico.

Para mim, esporte é futebol.

As demais modalidades, eu as vejo como brincadeiras de quem não sabe jogar futebol.

Exagero?

Provavelmente, sim.

Que os grandes e esforçados atletas olímpicos ou não, me perdoem.

Mas, por favor, entendam amigos leitores, sou do tempo que moleque ia para rua jogar futebol. E era só isso que fazíamos o dia todo.

Enfim, o esporte era mesmo nossa vida.

Agora a pergunta que não quer calar:

Tantos décadas depois, eis-me aqui, um senhor de idade provecta, como posso me deixar envolver por emoções tão primárias – e inexplicáveis?

Vamos da alegria ao choro, do encantamento à frustração, de bestas a bestiais em alguns segundos.

Por sorte, acaso ou qualquer outra situação absolutamente fora do nosso controle.

Onde estou com a cabeça?

Se alguém falar que é no Palestra tricampeão da Libertadores, acertou.

Querem mesmo saber?

Desde que eliminamos o Atlético Mineiro – e lá se vão dois meses, é isso? – não pensei em outra coisa.

Fiquei perdido dentro de casa, a troco de quê?

Da espera da final de sábado na bela Montevidéu..

Convenhamos, que coisa mais sem graça.

Nada a ver.

Por isso, garanto a vocês: isto não mais se repetirá…

A partir de agora, vou ficar distante do mundo da bola.

Afinal, não é concebível colocar o meu humor, o meu dia-a-dia, a minha vida à mercê do resultado de um mero jogo de futebol.

Sem noção.

O que eu ganho com isto?

Pensem bem…

Não ganho nada.

Só me desgasto.

Meu combalido coração que o diga!

Por tudo isso, celebrarei mais esta épica conquista…

E parei!!!

Está mais do que na hora.

Creio mesmo que vocês concordam comigo?

Ou não?

Então, estamos conversados.

(…)

Só mais uma perguntinha…

Será que o Abel Ferreira, nosso técnico, fica para o Mundial Interclubes?

* Adaptação de texto originalmente publicado em maio de 2008. Como os amigos leitores podem perceber: não tomo jeito mesmo. Próxima parada: Abu Dhabi. Avante Palestra!!!

signature

Ainda nenhum comentário.

O que você acha?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *