Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.

A Cor da Vida (20)

Posted on

Foto: Jô Rabelo

20 – ESCLARECIMENTO

Voltei.

Vim para esclarecer o porquê lamentei, mas não chorei quando soube que o Enzo foi embora.

Acho importante dizer:

No dia seguinte, também partimos de volta para Belo Horizonte.

Radamés veio nos buscar, de carro. Viagem cansativa, estranha.

*

Não pensem que sou menino sem sentimento que não sabe exatamente o que é uma pandemia, chora por um brinquedo que nem sei mais onde foi parar – sou bagunceiro! – e não fica triste quando um amigo como o Enzo vai embora.

*

Se quiserem podem pensar. Cada um pensa o que quer, né?

Mas, é o seguinte:

Quando soube da notícia fiquei assim como se estivesse com areia nos olhos, sabe quando venta e grãos de areia parecem picar seu rosto e não lhe deixam ver nada direito?

Então…

Aí, minha querida e amada mãe me chamou para dizer que recebeu uma mensagem da Tia Luísa:

– As aulas reiniciam na segunda-feira, Mingo. Gostou?

A princípio serão aulas à distância. Virtuais, como dizem.

Mas logo, logo, vamos voltar para a escola.

Até o tiozinho do veículo escolar já está avisado.

Meu coração começou a dar aqueles pulinhos e os meus olhos voltaram a ver o belo dia de sol que estava fazendo lá fora.

Ah, vocês não sabem?

A Tia Luísa é mãe da Andressa. Pronto, falei.

Como diz o Enzo:

“Mulheres, mulheres…”

*

E essa tristeza toda, podem acreditar, vai demorar um bocadinho, mas vai passar.

A felicidade logo estará ao alcance dos nossos olhos – e além.

E nunca esqueçam, pois eu nunca vou me esquecer:

Viver é mesmo um espantar-se!

F_I_M

 

signature

Ainda nenhum comentário.

O que você acha?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *