Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.

A Sra. Dor nas Costas

Posted on

Fiquei ausente do Blog por esses dias – e o motivo é uma velha conhecida que, vez ou outra, sempre me visita. E se faz implacável quando dar o ar de sua graça.

“Crise de dolor lombar” – diagnosticou há muitos e muitos anos um doutor ítalo-chileno quando dei entrada, em uma maca, no hospital de Porto Vara, ao sul do Chile.

Foi em 1995, se bem me lembro.

Desde então, eu a chamo de Sra. Dor nas Costas que, desta feita, não foi tão contundente, mas me deixou prostrado todos esses dias, com idas e vindas ao Infor, hospital aqui em São Bernardo.

(…)

“Para sua idade, há um desgaste natural na coluna. Não é nada grave, mas requer cuidados” – me disse o doutor Ricardo, jovem médico que vem me atendendo, depois de olhar a ressonância e os exames que fiz por esses dias.

Os cuidados incluem : repouso, dez sessões de fisioterapia, não carregar peso, uma considerável dose de remédio e, se a dor não passar, a tal da infiltração.

“Fique longe das tensões e pense, seriamente, em perder o sobrepeso que este só aumenta a possibilidade de novas crises.”

(…)

A bem da verdade, só me dei conta dessa frase quando já estava fora do consultório.

Não gostei de ouvir a história da “infiltração”.

Fiquei apavorado só em pensar no tamanho da agulha.

De qualquer forma, já me comprometi a seguir as orientações do doutor.

Vou começar pelo “repouso”.

Não garanto ficar longe das aflições diárias, pois são inerentes aos conturbados dias que vivemos e sobrevivemos.

(…)

Quanto à fisioterapia e à dieta, é um compromisso para janeiro do novo ano.

Já estou quase bom.

Ainda não dá para dançar o “despacito”, mas vou melhorando…

signature

Ainda nenhum comentário.

O que você acha?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *