Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.

História sem fim…

"Se Maomé não vai a montanha, a montanha virá até ele e sua morada. Em forma de avalanche…"

01. Em dois artigos, transcritos abaixo, Gazeta do Ipiranga discute causa e conseqüência da rebelião nas penitenciarias paulistas que eclodiu no domingo; mas que, por certo, será assunto pelas próximas semanas, meses, anos… Sabe-se lá não será essa uma história sem fim?

02. Dois nomes de relevância na região, psiquiatra Demerval Côrrea e o empresário Epitácio Oliveira, dissecam a questão com angulações bem específicas. Ambos, porém, são consoantes em ressaltar o fundo do poço que vive hoje a sociedade paulista — e, por extensão — a brasileira. O sistema penitenciário é claro reflexo da falência do nosso modelo social — aquele que privilegiou a imensa minoria em detrimento de quase todos.

03. Não é de agora a assertiva do jurista Evandro de Lins e Silva que define as prisões brasileiras como a verdadeira universidade do crime. Porém , esse sempre foi assunto relegado aos escaninhos oficiais. Para ser projetado num futuro incerto, como outras tantas prioridades como saúde, educação, emprego digno, habitação, segurança; essas coisas que a gente ouve falar sempre que há uma eleição para qualquer cargo, de síndico de prédio a presidente da República.

04. Os mais céticos não vêm saída a curto e a médio prazo para o País, graças a mediocridade dos nossos políticos e governantes, sempre voltados para o imediato das causas pessoais. Fazem também severas críticas aos mais endinheirados e mesmo aos remediados da classe média, que pensam muito mais no lazer e nas compras em Miami do que em tomar consciência do País que vivemos…

05. A sirene soou… Foi deflagrada a guerra civil que há tempos estava anunciada, pelas inúmeras ocorrências da violência urbana. Sem causa religiosa ou política, sem qualquer ideário, a batalha revela alguns males crônicos da sociedade brasileira, perfeitamente identificáveis como uma crise de ética e moralidade. De um jeito ou de outro, todos nós estamos sob fogo cruzado… E pior: não dá para prever qual dos lados sairá vencedor. Nem quanto tempo ainda vai durar o conflito…

signature