Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.

Elton Medeiros

Posted on

Morreu Elton Medeiros, o sambista.

Junto com Cartola, é o autor de “O Sol Nascerá”, trilha da novela Bonsucesso nas vozes quentes de Zeca Pagodinho e Tereza Cristina.

Parceiro de tantos e tamanhos da pura cepa do gênero como Paulinho da Viola na belíssima “Onde a Dor Não Tem Razão” e outras mais. Cito esta por uma questão de preferência e, sabe-se lá, de uma imensa saudade das coisas que se perderam.

Lembro-me de Elton Medeiros lá no mais antigo dos anos de 1980 no saguão de um hotel no bairro de Higienópolis. Ele veio a São Paulo para divulgar um disco solo – Elton Medeiros – que gravou pelo selo Eldorado.

Nogueira, o faz tudo da gravadora, se incumbiu de fazer a apresentação.

Elton beirava os 50. Era um senhor elegante, de riso contido e ar desconfiado.

Trocamos algumas palavras, mais por formalidade.

Marcamos a entrevista para a semana seguinte.

Logo que saímos dali, Nogueira tratou de me avisar.

“Ele se faz de ranzinza, mas é de uma enorme generosidade.”

Não recordo o motivo.

Sei que ou a entrevista não vingou ou outro repórter foi destacado para fazê-la.

Lamentei – e lamento ainda hoje.

Dias depois, no mesmo hotel, fui entrevistar Martinho da Vila.

Comentei que havia conhecido Elton Medeiros, mas infelizmente não rolou o encontro que havíamos combinado.

Perdi a chance de fazer uma bela reportagem, eu disse.

Martinho concordou:

“Que vacilo, camarada”.

E acrescentou:

“Elton é a própria nobreza do samba. Único.”

Como disse, lamentei – e lamento ainda hoje, 40 anos depois…

 

Foto: Rede Brasil Atual/arquivo
signature

Ainda nenhum comentário.

O que você acha?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *