Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.

Noel, Plínio e o artigo do Juca

Posted on

Linda e oportuna a homenagem do Google aos 109 anos de Noel Rosa, hoje reverenciados.

Não resisti ao impulso de aqui publicar a bela ilustração.

Nunca é demais lembrar Noel, genuíno porta-voz dos sentimentos da nossa gente.

Aproveito para publicar o documentário Meu Luto é Saudade sobre a trajetória do Poeta da Vila.

Foi produzido por estudantes de Jornalismo da Universidade Metodista de São Paulo (2007), onde lecionei por 20 anos,

Na mesma toada, proveito para lembrar o pensamento do grande Plínio Marcos (1935/1999), dramaturgo e cronista, de tão sábias análises sobre o nosso país e em prol de nossa gente mais humilde:

“Um povo que não ama e não preserva suas formas de expressão mais autênticas jamais será um povo livre”.

POLÍTICA

Recomendo também a leitura do artigo do jornalista Juca Kfouri:

Por uma frente ampla até doer *

“São inúmeras as máscaras que caem neste momento sombrio atravessado pela democracia brasileira. O ministro liberal da Economia, Paulo Guedes, revela-se a favor do AI-5. O justiceiro da Justiça, sejamos justos, só enganou quem quis ser enganado, todo de preto.

Daí a necessidade de uma frente ampla pela democracia no Brasil. “Tão ampla até doer”, no dizer do poeta pernambucano Marcelo Mário de Melo, autor do delicioso Manifesto da Esquerda Vicejante.”

*Leia AQUI a íntegra do texto publicado originalmente na seção Opinião da Folha de S.Paulo e reproduzido por diversas mídias.

Trata-se de importante alerta sobre o que hoje vivemos no Brasil.

signature

Ainda nenhum comentário.

O que você acha?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *