Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.

Pausa

A vida às vezes precisa de uma pausa.

Assim escreveu o poeta Drummond –
e eu acredito e dou fé,
mesmo sem ser tabelião…

Permitam-me, pois, este sábado
para reflexão. Quase não dei
as caras por aqui. Perdoem-me.

Não chamaria essa letargia
de preguiça. E, sim, daquele
relaxamento natural de quem
vê cumprida a missão.

Ou pelo menos uma
significativa parte dela…

Foi um semestre difícil.

No quebra-cabeça da vida,
as peças não se encaixaram
assim de primeira.

Mas tudo está bem
quando termina bem…

E assim foi…
Com algum tato,
outro tanto de paciência.
Um naco de engenhosidade.
Perdas necessárias.
Contrariedades…

Trouxeram também
novos rostos, novos amigos.
Boas e valiosas surpresas…

Vieram as conquistas, importantes.
Preciosas. Diria, definitivas.

Vão palmilhar os novos
horizontes deste segundo
semestre que se inicia
nos próximos minutos…

São quase meia-noite.

Que seja bem-vinda
essa nova etapa! Pois
nos trará a rara certeza
de um novo tempo novo.

Onde todos seremos felizes.

Estaremos juntos?

Tomara!

Agora vou lembrar aquela
canção dos Beatles, que ouvia
no tempo em que andei só:
‘a vida é mesmo um longo
e sinuoso caminho’.

Vale a pena percorrê-lo ao lado
de quem acredita, é do bem e
sabe conjugar o verbo amar…

Ah! Um agradecimento.
Obrigado pela companhia
e pela força… Nosso site/blog
bateu o recorde de visitas
neste mês de junho.

Não computadas as visitas
de hoje, 30, superamos a casa
das 2700 — ou seja, por
enquanto, estamos com um
média diária superior a 90…

Mais uma vez, obrigado!

signature