Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.

Notícias, notícias…

Foram poucos os que ouviram o Velho Ermitão da Montanha dizer que era um equívoco histórico – e irreparável – o que estava acontecendo naquele longínquo e distante País. “É como se entregássemos o galinheiro aos cuidados da raposa e sua famigerada turma. ”

Poucos lhe deram fé quando falou em retrocesso, e no fim do almejado e promissor futuro para todos os nativos.

Agora…

Bem, agora é uma outra história que se conta a partir dos fatos do dia.

Eles dizem tudo – ou quase tudo.

E o Velho Ermitão balança a cabeça, e preconiza:

O pior – acreditem – ainda está por vir.

I.

Deu no Estadão de ontem, 23/08

“O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou o seguimento dois mandados de segurança apresentados por parlamentares da oposição e pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) que pediam à Corte que ordene o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, a dar andamento dos pedidos de impeachment do presidente da República, Michel Temer, na Câmara. ”

II.

Deu no UOL, ontem, 23/08:

“O governo federal anunciou nesta quarta-feira (23) que pretende privatizar 57 empresas e projetos. O pacote inclui o aeroporto de Congonhas, em São Paulo, a Casa da Moeda, que fabrica o dinheiro e os passaportes, e a Lotex, responsável pela “raspadinha”.

Na área de infraestrutura de transportes, a lista inclui 14 aeroportos, 15 terminais portuários, 2 rodovias e a Codesa (Companhia de Docas do Espírito Santo), além da venda da participação da Infraero em outros 4 aeroportos.

A medida foi aprovada nesta quarta-feira (23) pelo conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), grupo que inclui o presidente Michel Temer, vários ministros, além dos presidentes do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil. ”

III.

Deu no Bom Dia Rio, ontem, 23/08:

“O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), mandou soltar mais três réus da Lava Jato no Rio. Rogério Onofre, ex-presidente do Detro, e a mulher dele, Dayse Deborah Alexandra Neves, estavam presos desde o começo de julho serão beneficiados pela decisão do ministro. A decisão é baseada no habeas corpus que o próprio Gilmar concedeu aos empresários Jacob Barata Filho e Lélis Teixeira na semana passada. Onofre é acusado de receber propina para beneficiar empresas de ônibus.

O terceiro réu que será solto é David Augusto Sampaio, policial civil aposentado que é acusado de fazer parte do esquema de propina do ex-governador do Rio Sérgio Cabral. ”

IV.

Deu no Valor Econômico, de hoje, 24/08:

“O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, deve apresentar uma nova denúncia contra o presidente Michel Temer em menos de duas semanas, apurou o Valor Econômico. Procuradores já estão redigindo a acusação, que está em estágio avançado, e a expectativa é concluir os trabalhos em menos de 15 dias. Segundo fontes, ainda não está definido se a denúncia será pela prática de um crime apenas, de obstrução de Justiça, ou se também incluirá o crime de organização criminosa. Procuradores ainda avaliam qual a melhor estratégia jurídica para abordar as duas condutas.”

* Esta é uma obra ficcional. Mas, nem tanto. Qualquer coincidência é mera semelhança.

signature

Ainda nenhum comentário.

O que você acha?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *